O dia 17 de Dezembro de 2020 marcou o início das aberturas oficiais de todas as novas infra-estruturas de saúde construídas pelo projecto. Isto significa que estão a ser abertas ao público 7 novas instalações de saúde – 4 centros de saúde rurais e 3 casas de espera para mulheres grávidas, incluindo furos de água, sistemas de electrificação solar, equipamento e materiais hospitalares. Na semana passada, tivemos a cerimónia de entrega oficial das infra-estruturas de saúde ao nosso parceiro principal, a DPSI. Esta semana, o Governador de Inhambane iniciou inaugurações individuais em cada local específico, das quais as de ontem foram as primeiras: da casa de espera para mulheres grávidas composta por 12 camas e do berçário no Hospital Rural de Vilankulo e do centro de saúde rural com maternidade em Tevele, Massinga.

O Governador de Inhambane Daniel Chapo cortando a fita inaugural

Ambas as inaugurações foram bem testemunhadas, dentro das restrições necessárias para a prevenção da COVID-19, e o sistema político, de saúde e liderança comunitária todos expressaram profundo agradecimento. O Governador, Daniel Chapo, falou muito bem do nosso projecto, enfatizando seu compromisso e integridade e da importância do apoio do Canadá a longo prazo à Moçambique. Ele foi eloquente no seu reconhecimento de todo o esforço que a parceria Moçambique-Canadá tem dedicado ao fortalecimento da saúde das comunidades ao longo dos anos e felicitou as comunidades, a liderança, o projecto e o Canadá por este sucesso, tendo na mesma ocasião pedido à todos os presentes que continuem a trabalhar em conjunto para assegurar que as instalações de saúde sejam bem usadas e conservadas.

Na abertura do centro de saúde de Tevele, o Director Provincial de Saúde, Naftal Matusse e a Directora do Projecto, Jessie Forsyth, foram convidados a plantar uma árvore juntos, enquanto o Governador cortava a fita inaugural, marcando assim a nossa colaboração na criação de uma nova vida.

A Directora do Projecto, Jessie Forsyth falando com a mídia

O Gabinete do Governador também enviou uma comunicação anunciando a inauguração da casa de espera para mulheres grávidas do Hospital Rural de Vilankulo e do centro de saúde rural de Tevele, Massinga e reconhecendo o impacto do projecto e a parceria de longa data entre o Canadá e Moçambique através da Universidade de Saskatchewan. A declaração do Governador também afirma: “as infra-estruturas foram entregues para reduzir a mortalidade materna e aproximar os serviços de saúde à população com vista a maior e melhor prestação de serviços.” E concluiu: “O nosso maior valor é a vida”.

De Saskatoon, o Investigador Principal da Universidade de Saskatchewan para o Projecto, Nazeem Muhajarine, expressou o seu agradecimento, “Que grande ideia de plantar uma árvore. Procuraremos esta nova vida nos próximos anos, a qual simboliza a contribuição do nosso projecto.”